Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade
Agosto Dourado

Segundo especialistas, a amamentação exclusiva até os seis meses reduz a mortalidade infantil. O leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber nos seus primeiros anos de vida, sendo indicado até dois anos ou mais. Sua superioridade orgânica o torna de melhor digestibilidade, sendo o alimento mais completo para promover o crescimento e desenvolvimento infantil. Crianças amamentadas também estão mais protegidas contra doenças alérgicas e infecciosas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • De acordo com a Organização Pan-americana de Saúde, em todo o mundo, apenas 38% das crianças são amamentadas exclusivamente conforme as recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. Até 2025, existe uma meta global para atingir pelo menos os 50%, para isso é necessário alinhar esforços que englobem equidade de gênero, direitos trabalhistas, nutrição e saúde, meio ambiente e desenvolvimento econômico.
  • Um dos maiores benefícios do aleitamento materno, de acordo com Reinaldo Menezes, membro da Academia Brasileira de Pediatria, é a criação de um vínculo emocional e afetivo entre mãe e filho. Amamentar é natural, mas não é algo fácil: exige dedicação e parceira.

 

Banco de leite do Hospital Municipal de Barueri: como doar?

  • Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite. É importante destacar que diante de qualquer dificuldade ou dúvida, o banco de leite possui uma equipe disposta a ajudar e orientar em todas as etapas da doação, desde a retirada do leite até o armazenamento adequado. As interessadas podem comparecer no banco de leite do hospital, no 6º andar, ou entrar em contato pelo telefone (11) 2575-3269. 

 

Para doar é só comparecer no Hospital para fazer um cadastro e o exame de sangue, a fim de atestar a saúde da mãe. A doadora poderá retirar o leite em casa, armazenar em vidro esterilizado e tampa de plástico, de acordo com as orientações recebidas nessa primeira visita. A coleta na residência é feita duas vezes por semana por um veículo oferecido pelo Hospital ou, ainda, o leite poderá ser retirado no próprio banco.